| DECORAÇÃO PLUMAS| História das Plumas

História das Plumas

Atualmente, a pluma de avestruz é internacionalmente reconhecida pela sua beleza, elegância suavidade e durabilidade. Sua utilização, no entanto, consta de registros no antigo Egito e, mais intensamente, entre o fim do século XIX e início do século XX.

Reconhecida como símbolo de justiça entre os generais romanos, a pluma foi amplamente usada em capacetes no antigo Egito como demonstração de liderança perante suas tropas. Não obstante, também servia como ornamento real para as esposas dos comandantes. Já na virada do século XIX para o século XX, a pluma representava riqueza e elegância, tendo atingido um pico de preço por quilo quase igual ao de diamantes.

A utilização de plumas pela rainha da França, Maria Antonieta, impulsionou um rentável mercado, que duraria até o início da I Guerra Mundial (1914 a 1918). A popularização como acessório de moda utilizado pela aristocracia da época resultou num “boom” do mercado de plumas de avestruz.

A chegada dos primeiros automóveis, no entanto, reduziu drasticamente a confecção das roupas e chapéus decorados com as plumas. A falta de teto e a relativa velocidade que atingiam à época não eram propícias ao uso de adereços enfeitados com plumas. A chegada da I Guerra decretou definitivamente o fim do período que ficou conhecido como mercado bolha.

Mas a pluma não desapareceria totalmente do mercado, uma vez no início do século também havia sido criado o espanador de pluma de avestruz. Na verdade, a invenção de um espanador base tinha sido patenteada em 1876. Já o espanador, como conhecemos hoje, foi inventado em 1903 para ser usado como ferramenta de limpeza de máquinas dentro de fábricas na África do Sul.

Hoje em dia, a principal utilização das plumas é a confecção de fantasias e adereços para o Carnaval. Classificadas entre Chorona, Pluma, Espigão e Aparada, cada qual possui a sua função específica. Costeiros de todos os tamanhos, chapéus ou pequenos detalhes das fantasias compõem todas as alas de qualquer escola de samba.

De alguns anos pra cá, a pluma também vem sendo largamente utilizada por profissionais das áreas de decoração, moda, festas e casamentos. Sem limites para a criação, as plumas têm se transformado em enfeites de mesa, apliques de cabelo e até buquês de noivas, entre outras invenções.